EcoCentro IPEC | Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado

Home > Blog

Professores têm o poder

Que grande final de semana tivemos no Ecocentro! Trinta crianças, dos 2 aos 13 anos, conviveram com seus pais na nossa vila e participaram de muitas “perma” atividades. Desde alimentar as galinhas, os porcos e os gansos até fazer pão de beterraba e abóbora, pisotear no barro para fazer adobes, cob e construir minhocários e fornos solares.

Educação – “o mais valioso recurso”

A noite a turma toda assistiu Nemo na grande cúpula, brincou a volta da fogueira assistindo a Laila ropiando o Swing e gritando “mais, mais”. Foi um fim de semana compensador. Lembraram-nos todos que as crianças são os recursos mais valiosos e a maior esperança para o futuro.

Ainda assim, as estatísticas no mundo todo nos mostram que está diminuindo o número de jovens interessados em ciência e no meio ambiente. Como educadores para a sustentabilidade nós temos um sério trabalho a nossa frente. Existem muitas razões por que as crianças estão virando as costas para o ambiente, como a pedagogia da ”transmissão de conhecimento” e o uso de “literatura enlatada” com conteúdo irrelevante e puramente chato e difícil, em comparação a outros assuntos que capturam a atenção dos pequenos.

Cursos como este PDCinho conectam as crianças com a ciência da natureza de forma colorida e dinâmica. Este curso demonstrou a relevância das ciências e do meio ambiente para nossas vidas. As atividades foram práticas e divertidas e podem ser transferidas para a sala de aula sem problemas. Então qual é o problema?

A educadora Hain Ginott disse um dia: “…cheguei a conclusão que eu sou o elemento decisivo na sala de aula. É o meu humor diário que determina o clima. Como professora eu tenho o grande poder de tornar uma criança alegre ou miserável. Eu posso ser uma ferramenta de tortura ou um instrumento de inspiração. Eu posso humilhar ou divertir, machucar ou curar em qualquer situação. É a minha reação que determina se uma crise vai piorar ou acalmar, e se uma criança será humanizada ou desumanizada”.

Mãos no COB
a Turma no barro!

Educadores preparados e entusiasmados podem determinar a motivação dos estudantes para o meio ambiente. Foi só há 25 anos atrás que Schumacher descreveu a educação como “o mais valioso recurso” para alcançar uma sociedade justa. Nós educadores temos que avançar com isto!  Em uma nação global podemos encorajar a consciência como um processo para ajudar as pessoas, e especialmente as crianças a reconhecer as soluções para um futuro sustentável.

Texto por Lucia Legan (autora dos livros A Escola Sustentável e Criando Habitats na Sua Escola Sustentável)

 

 

 

EM BREVE UM VÍDEO COM MAIS DETALHES